Do Egito para o mundo

Olá!

Algumas mulheres não fazem questão de acessórios. Outras já são repletas de personalidade e usam acessórios bem exuberantes. No meio termo estou eu e várias mulheres. Digo isso porque não tenho um gosto definido em relação aos acessórios, mas sempre preferencio os que são mais versáteis e que podem por o look em outro nível.

A tiara (ou arquinho) é um desses acessórios do nosso dia a dia, que já era usado lá no Egito, a milênios atrás. Os registros mais antigos e o primeiros marcados na história em relação ao uso das tiaras são dos egípcios. As coroas usadas pelos faraós e sacerdotes egípcios eram enormes e chamativas, mas as tiaras usadas pelas princesas no antigo Egito eram delicadas, criadas com fios de ouro ou prata, imitando elementos da natureza.

Headband noiva - Foto Reprodução 1DA ÁFRICA PARA EUROPA

Na Europa os primeiro a adotarem as tiraras foram os gregos e romanos. No início, as tiaras eram fitas bem singelas de tecido, atadas em volta da testa ou mais acima, na cabeça, e eram usadas por homens e mulheres da nobreza. Depois ganham banhos de ouro ou prata, com contornos de folhas, de flores, sempre imprimindo poder e glamour em ocasiões especiais.

Na Era Contemporânea, as tiaras ganharam mais modelos, plumas, pedras preciosas, e foram recriadas no início da década de 1920. Basta lembrar dos looks das “melindrosas”. Com a miscigenação de culturas, aqui no Brasil também fomos aderindo ao uso de bandanas, que no Hemisfério Norte não tem distinção. Por lá são os “headbands”, aqui a gente ainda diferencia os modelos de acordo com material feito e como são usados – bandana, laço, lenço, tiara etc. O auge das bandanas se deu na década de 1970, com a moda hippie, mais colorida e despojada.

 

Juliana Lessa lança coleção tiaras by Tatister - Foto Divulgação 22Hoje muito se vê na cabeça das pequenas, de bebês à mocinhas. Teve tendência até para noivas, conforme modelo da foto acima. Mas claro que há mercado para criações para nós, com aplicações de pedras, pérolas, couro, com uma ou mais armações em uma única peça. E confesso que falar do assunto é me lembrar de uma pessoa muito querida por todos do mundo da Comunicação em Uberlândia e região. Juliana Lessa (foto), comunicadora, especialista em marketing de impacto e empreendedora, lança nesta noite (1º), sua própria coleção de tiaras em parceria com empresa da cidade.

Ela que é sempre vista com vários modelos, nos eventos que promove e também nos que marca presença, agora será vitrine de modelos que ela mesma desenhou. Agora quem quiser pode optar por mais formas e estilos no cabelo, por meio das peças de Juliana Lessa.

Estou feliz e espero que este projeto seja mais um dos vários projetos promissores que ela assina. Parabéns e sucesso!

Juliana Lessa lança coleção tiaras by Tatister - Foto Divulgação 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Pesquisar no Blog

Instagram

Novidades

Cadastre-se para receber novidades em seu e-mail!